Marli de Luquinha entra no jogo sujo para travar obra de rotatória e pede contratação de assessoria imobiliária
Marli de Luquinha entra no jogo sujo para travar obra de rotatória e pede contratação de assessoria imobiliária
Marli de Luquinha entra no jogo sujo para travar obra de rotatória e pede contratação de assessoria imobiliária

- Plantão Regional
- 03 Julho, 2020 07:44:13


Mais uma vez a obra de revitalização da rotatória Barbosa Melo, localizada ao final da Rua Santa Juliana sentido MG-424 (sentido jequitibá), vai ter que esperar. Agora, a vereadora Marli de Luquinha (foto) solicitou, através de requerimento, CONTRATAÇÃO DE ASSESSORIA IMOBILIÁRIA para avaliar o custo do terreno que foi doado – conforme previsto no Projeto de Lei 070 – para a empresa Mercantil Bastos que, como contrapartida, fará as obras de melhoria no trânsito da região da rotatória.

A obra, que já estava prestes a recomeçar, vai ter que esperar. Trata-se de mais uma manobra do grupo liderado pelo deputado Douglas Melo para frear a realização, com o objetivo de evitar que a benfeitoria saia antes da eleição municipal, prevista para ser realizada 15 de novembro.


A vereadora, que já foi alvo de protesto através de faixas no local, faz agora o serviço sujo de retardar o desenvolvimento da cidade e melhorias para aquela região, que há anos anseia por intervenções na problemática rotatória.


No requerimento, datado do dia 25 de junho deste ano, Marli de Luquinha diz “nem todos os vereadores possuem conhecimentos técnicos suficientes para verificar se os valores informados nos Laudos de Avalição estão corretos”.


Desta feita, Marli coloca em suspeita o trabalho dos profissionais que já fizeram os levantamentos dos custos do terreno doado. E, como consequência, fica a dúvida se a obra será concluída, ou pelo menos iniciada, este ano. Mais uma vez, em nome de uma política rasteira, a rotatória terá que esperar.